domingo, outubro 26

Sou (Candy Saad)

Sou

Candy Saad

Sou a brisa leve que beija o rosto amado na saudades doída...
Sou vento forte que antecede a tempestade passageira...
Sou a chuva serôdia que faz bucólica a paisagem...
Sou lágrimas em noite de luar...
Sou cio em lua cheia...
Sou borboleta que rasgou o casulo,
venceu,
agora voa livre.
Sou jardim encantado com as flores
e beija flores
Sou criança que espera o doce,
carrego a inocência da infância.
Sou a astúcia que a vida adulta ensinou.
Sou amor eterno e fiel
Sou estrela que rasga o céu
a procura do amor.
Sou pura emoção!
Sou forte e frágil...
Sou partícula do todo
Sou muitas...
Sou o sonho de Deus!
Essa sou eu!

Nenhum comentário: